Páginas

domingo, 30 de junho de 2013

Transformers Obscuridão | Episódio 02

Episódio 02 | O Hotel

Escrita por | Rafaela Trombini
Produção Executiva de | Ingrid Trombini
Direção de | Rafaela Trombini e Natália Santos

Depois que saí das minas e voltei para a cidade, e com a escada e agora, eu tenho que juntar elas para subir lá no prédio. Coloquei a escada e fui subindo até lá. Poderia ir com minhas asas, mais eu não estou querendo muito não.

Entrando no hotel, vi que estava muito escuro, quartos bagunçados e outros abandonados, mais quando eu avançava para o outro quarto...PUTA....uma porta se abriu, e eu não sou nenhum cuzão medroso, EU VOU NAQUELE QUARTO PORRA.

Nossa, mais o quarto estava muito bonito, nada de arrombamento, tudo nos "trinques". Tá, me assustei com o quadro que caiu, mais fora isso eu não esperava que eu encontrasse um quarto onde aconteceu uma treta, Ô MEU DEUS...no meio da bagunça, tinha uma carta.

Querida Middnight,

Com sorte, eu á voltado para casa quando você receber essa carta. Mais eu me senti inclinado a escrever a você, mera criança, pois nunca demos adeus. Eu devo dizer que a Vila Crescente é bem legal, é um lugar quieto e pequeno e as pessoas parecem se manter aí. O hotelzinho que estou ficando é agradável e o síndico é bem amigável.

Pra ser honesto, eu não gosto daqui, esses dias eu estava sentindo algo bizarro pairando no ar. É Como se eu sentisse que algo vai acontecer. Eu tento ignorar, mais isso está me fazendo ficar acordado á noite, isso pode ser só paranoia minha, mais a Vila Crescente está me dando medo, mais muito medo desde que eu cheguei, mesmo quando estou sozinho, eu sinto que estou sendo vigiado.

De novo, pode ser apenas eu, afinal, não estou acostumado a viajar, sinceramente estou louco para deixar essa vila logo.

De seu padrinho, Shockwave.

Shockwave, aquele maldito, ele morou á algum tempo aqui e depois começou a servir o Megatron como o PRIMEIRO TENENTE DELE!!!! Sempre foi falso, sempre.

Desci as escadas e encontrei o local todo bagunçado e cheio de sangue. O Que será que aconteceu por aqui? Era um lugar calmo e gostoso de se morar, mais agora...é uma cidade fantasma. Entrei no escritório do dono e do lado tinha uma carta.

Bem vindo,
Peço desculpas por não ter estído aqui no seu primeiro dia, mais agora só temos um cliente ficando no hotel o nome dele é Shockwave e ele deve ficar bem por enquanto. O Seu serviço é servi-lo e aos que chegarem aqui. Meu escritório é do lado da sala e fica aberto e se você precisar de algo você pode entrar quando quiser.

Mais uma coisa, se não acabar a cerveja, tem um barril perto do local onde está a adega, entretanto, mais a porta onde tem a adega SEMPRE deve estar fechada. Quando você estiver lá embaixo, você tem que deixar ela fechada.

Boa sorte, Lightmus, síndico do Hotel.

Esse daí deve ser o novo cara que serve as bebidas que eu esqueci o nome, e agora, eu devo ir na adega, quando eu saí da sala, eu tinha visto alguém na janela, parecia uma pessoa, fiquei assustado e ela foi bem do lado da porta. VOCÊ NÃO VAI ENTRAR AQUI NÉ???? Espero que não.

Fui embaixo da escada e lá era a adega e entrei nela. Bem no local onde o cara falou e peguei um pé de cabra, voltei devagar para abrir a porta que estava trancada. Fui e abri a porta.

Entrei no quarto e vi que era um quarto normal até eu achar uma carta, nossa esse lugar tem muitas cartas.

Eles finalmente vieram me pegaram. Eu barrei a porta da frente e me tranquei no escritório, posso ouvir eles batendo na porta e dando um jeito de entrar. Não há escapatória, este é o fim. Eu escrevi isso para que um dia alguém encontrei isso e descubra finalmente a história da Vila Crescente.

Eu não sei muito, já que meu trabalho era simples. Eu sempre trazia forasteiros para virem morar no meu hotelzinho, então, eles vem aqui e tomam tudo de mim e nunca mais são vistos de novo. Isso tem acontecido por anos e nunca questionei isso. Se eu me recusasse, eles iam me matar junto com o resto. A Sua recente abdução foi deixada de lado, quando eu testemunhei isso. O Jeito que eles mataram Shockwave foi horrível eu não posso aguentar isso mais, então eu fechei o hotel e agora eles estão vindo me pegar. Eu vou me esconder no armário e vamos ver o que vai acontecer...

Terminei de ler a carta, quando ouço um barulho no armário e PUTA UM CORPO APARECE NA MINHA FRENTE e tudo fica escuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário