Páginas

sábado, 2 de novembro de 2013

Trans "The Auto" Formers | Episódio 67

Episódio 67 | Situação Explosiva

Escrita por | Rafaela Trombini
Produção Executiva de | Ingrid Trombini
Direção de | Rafaela Trombini e Natália Santos

Estava dando uma olhada em Rio de Energon e vi que essa cidade é linda demais. Para todo o começo, vou até o cassino Quatro Dragões outra vez ver a Sari e olha, só tocava música boa naquela porra porque nessa cidade existe um estilo musical que não me agradou.

Eu abri a porta da sala da Sari e vi que o pai dela estava jogando golf e ela pegando um copo de refrigerante para ser o alvo. Cada uma

-Haha, o som glorioso de acertar o buraco com uma tacada.
-Grande jogada pai.
-Obrigado.
-Nada mau senhor Sumdac. – digo.
-Quem está aí? Parece ser a voz do Optimus.
-É O Optimus pai, olhe descansa e eu vou falar com ele certo?
-Está bem.

-Então, eram os Quintessons que querem nos arruinar não? Eu me pergunto se isso é comigo, ou é com os outros?
-Provavelmente não é ele. Veja bem, regra dos Groove em Cybertropolis.
-Achei que eram “Autobots”?
-Sim, eu sou mais assim, a regra nossa: “Nunca denuncie”! Mê dê este taco.
-O Que vai fazer?
-Veja bem Sari, o que nós precisamos...é assaltar o cassino deles. Sim, iremos roubar o local.
-Calma Optimus. Acertar um cassino não é como lutar contra gangues, é uma coisa bem mais difícil.
-Sim, eu sei, por isso precisamos de um plano e por isso, eu estou dentro! Sempre quis jogar golf e...mais que...
-Má sorte. Ouça, você vai precisar de uma equipe e alguns equipamentos especiais. Marimar e Sérgio irão com você.
-Sim, irei pegar alguns explosivos. Sempre tem explosivos em roubos.
-Você não sabe? Tem uma mina por aqui. Lá deve ter alguns explosivos. Mais vá com Marimar e Sérgio, eles são bons nessas coisas.
-Vou falar com eles.

Os dois chegaram e eu me transformei e eles irão me dizer a rota.

-Onde devemos ir? – pergunta Sérgio.
-Sari me disse que era uma mina perto da cidade.
-Ah, a Pedreira do Caçador, eu sei onde é. Lá tem uns explosivos maneiros. – diz Marimar.
-É Lá mesmo Mari? – pergunto.
-É Sim Optimus, pode confiar.

A pedreira era longe e...puta que me partiu, ela é muito funda cara. Não sei se consigo descer até lá.

-Está vendo aquela dinamite lá? É A melhor da cidade. – diz Marimar.
-Certo, eu vou descer até lá e vou pegar a dinamite. – digo.
-Cuidado, os trabalhadores vão destruí-la para poder continuar as escavações. Você tem que usar algo pesado para poder quebrar a caixa. – diz Sérgio.
-Talvez aquele caminhão ajude? – pergunto.
-Certo. Vá lá e pegue as quatro barras de dinamite. Esperamos aqui.

Muito bem, eu desci o rochedo e de cara já peguei o caminhão e bem, foi fácil até, foi quando os trabalhadores começavam a repetir as seguintes frases: “Quem é esse idiota?” “Você tem permissão para poder entrar?” “Onde Está o seu uniforme?” “Alguém tire esse idiota daqui!” e outras piores. Bom, vamos lá esmagando caixinhas e encontrando peças. Já encontrei todas.

-Marimar, a polícia está vindo aí.
-Essa não. Temos que avisar ao Prime.
-OPTIMUS!!!!
-EU JÁ PEGUEI A DINAMITE.
-TÁ, MAIS A GENTE TEM QUE SAIR DAQUI, A POLÍCIA ESTÁ CHEGANDO.
-Merda. – digo.
-Não dá mais Sérgio.
-Por que?
-Eles trancaram a única saída.
-Vamos descer rápido até onde Optimus está.

-O Que está acontecendo? – pergunto.
-Os guardas bloquearam a saída. Vamos ter que achar outra. – diz Sérgio.
-Eu já sei qual. Venham comigo.

Me transformei e os dois entraram, muito simples a minha estratégia. Era só subir nas rampas, pegar o um caminho mais suave e chegamos até a saída, mais tem um porém, os guardas arranharam minha pintura, que raiva. Depois eu pinto outra vez agora tenho que entregar isso para a Sari.

-Belo trabalho Optimus, deu uma bela enganada neles. – diz Sérgio.
-Obrigado, mais não precisa agradecer.
-Vamos levar a bomba para a Sari agora. – diz Marimar.

O Local de entrega era uma pequena estrada na cidade. Estava lá a principal guarda dela e o local ficava mais ou menos em uma área rural, mais enfim...vamos lá.

-Tome, entregue para Sari. Cuidado com isso.

Ahhhh, olha a perseguição policial ali, nossa são muito burros, mais enfim...MAIS UM SERVIÇO COMPLETO, e agora, um descanso pois eu preciso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário