Páginas

sábado, 30 de novembro de 2013

Trans "The Auto" Formers | Episódio 75

Episódio 75 | Dan Reynolds

Escrita por | Rafaela Trombini
Produção Executiva de | Ingrid Trombini
Direção de | Rafaela Trombini e Natália Santos

-PULA CARA PULA!!!!!!

Eu estava com a Anita, a beijando muito gostoso, estava pegando forte nela, nossa essa mulher é incrível foi quando nós ouvimos um grito.

-O Que está acontecendo? – pergunto.
-Quem é esse idiota? – pergunta Anita.
-É Só um cantor arruinado.
-É O Dan Reynolds, o líder do Imagine Dragons, nossa, como eles cantavam cara...agora, os caras expulsaram o cara da banda por causa que ele gastou todo o dinheiro no cassino, agora ele quer pular.
-EI DAN, SEU OTÁRIO, SAÍ DAÍ!!!
-Eu te conheço? Não. Então, cala a porra da sua boca! – diz Dan.
-CALMA CARA!
-Calma nada, estou fodido, acabou. O Imagine Dragons acabou! Meu empresário foi morto, um idiota pegou o nosso livro de rimas e colocaram um tal de “Prime Rodimus” no meu lugar.
-CALMA DAN, VOCÊ SÓ PRECISA DE UM NOVO EMPRESÁRIO, E ESTÁ OLHANDO PARA ELE AGORA!
-FODA-SE, NÃO ME IMPORTO.
-Não liga não, ele é louco!
-Mais nós temos que salva-lo. – diz Anita. – Optimus, faz alguma coisa.
-Eu farei.

Ele quase ia cair e eu tinha que estar pronto para pega-lo. Me transformei e ele deu uma puta de um caída em cima de mim.

-Leve ele ao hospital Optimus.
-Levarei.
-Te amo meu lindo!
-Também te amo sua rabuda.

Vou levar esse puto para o hospital, antes que ele faça merda.

-Bem, vem vou te levar embora.
-Ai, eu ainda sou do Imagine Dragons não sou?
-Sim, ainda é. Se depender de mim, você vai voltar a ter uma carreira grande.
-Sim, eu terei.
-Eu sei quem fez isso com você.
-É Um tal de Prime Rodimus.
-Não, o nome dele verdadeiro é “Hot Rod”, mais conhecido como “Rodimus Prime”. Fique calmo, eu vou acabar com ele, e além disso, meu nome é Optimus.
-Obrigado por me ajudar Optimus...ai.

Chegamos no hospital, ele está muito mal. Também, o cara queria se matar...

-Tente se recuperar Dan, então, voltaremos para o estúdio.
-Optimus.
-O Que?
-Quando tudo acabar, vou precisar de um novo empresário, e vou precisar de sua ajuda depois.
-Sim, meu amigo!


Bom, voltei para a minha casa, nossa...acho que estou disposto a ajudar o Dan, e quem sabe...cantar com eles...

Nenhum comentário:

Postar um comentário