Páginas

domingo, 15 de dezembro de 2013

Trans "The Auto" Formers | Episódio 85

Episódio 85 | Vamos Assaltar Um Cassino? Parte 2

Escrita por | Rovorys Trombini
Produção Executiva de | Ingrid Trombini
Direção de | Rafaela Trombini e Natália Santos

Sari e seu pai conseguiram entrar com Prowl, Bulkhead, Bumblebee e Anita.

-Muito bom, Optimus. Agora é com a gente! – diz Sari.
-Certo time, eu decorei esse lugar com a palma da minha mão, sei cada lugar. Me sigam. Droga! Eles trocaram a porta.
-Er...pai...deixa que eu vou na frente.
-Boa ideia. Todo mundo seguindo ela.
-Optimus...eu nunca mexi com armas tão complexas assim. Como vou atirar?
-Calma meu amor. Atire como eu atirar. Fique atrás de mim.
-Tá bem.
-Autobots, fiquem em posição. Vamos acabar logo com isso.
-Primeira vez que nos chama de Autobots! – diz Bulkhead.
-É, meu amigos. Está na hora de mudar as coisas por aqui.

Acompanhavamos Sari, e atirávamos nos guardas. Isso é muito chato, finalmente, chegamos ao cofre.

-OK, vamos instalar as bombas enquanto você vigia a porta.
-Vão logo com isso, pois alguém acessou os geradores.
-Por que? – pergunto.
-Pois alguém está tentando ligar os geradores.
-Tá, eu vou até lá e destrui-las para sempre!

Cheguei na sala e vi um guarda lá e mandei bala nele. Coloquei as bombas nos dois geradores e eu os explodi, para sempre. Agora, vou voltar para o cofre. Quando cheguei lá, eles já tinham colocado as bombas.

-CORRAM!!!
-PRA ONDE VOU? PRA ONDE VOU?
-FOGO NO BURACO!
-Ótimo! Vamos pegar o dinheiro.
-Legal, mais os guardas da Quintessa estão vindo e...MALDITA ANGÉLICA!!! VOU TE MATAR!!!

Que bom, agora os Quintessons estão aqui também. Ai, isso pode ficar pior? Pois bem, vou lá até eles e mata-los, até que foi fácil, agora vou ter que leva-los de volta até a van.

-Muito bom equipe, vamos voltar em segurança para o Four Dragons.
-Todos seguindo o Optimus.

Mais não por muito tempo. Tinha mais Quintessons aqui. Mais por que eles...ah sim, Powell é o líder deles. Mais enfim...porra essa pistolinha é forte mesmo. Meu deus, nossa que sentido faz isso? Queria mesmo é uma daquelas que os policiais do México usam. Aquelas são fortes pra porra, enfim...nossa, lá está a Marimar com algumas motos.

-Eu descarreguei as motos da policia. Vocês dois, vistam o uniforme que eu, Sari e Prowl entramos na van. Optimus e Anita serão a isca.
-Optimus, tem um elevador de serviço aqui.
-Ótimo. Vamos pega-lo.
-Onde ele é?
-Segundo o mapa, ele vai nos levar direto ao telhado do cassino.
-Mais por que vamos até lá?
-Parece que vamos pegar, um avião. Vem meu bem.

Isso estava cheio de “bombas” de Quintessons. Não paravam mais de vir. Porra, será que eles não vão enjoar de perder tantos homens? Eles já eram. Chegamos ao teto e agora, nós teremos que fugir de helicóptero, antes que a policia pegue nós dois.

-Optimus, tem um Pará-quedas aqui.
-Legal. Vem, se segura em mim.

Abri o Pará-quedas e segurei a Anita pela cintura e ela segura meu pescoço.

-Sabe Optimus, esse foi o melhor encontro que já tive com você.
-Encontro?
-Sim, considerei isso, como...um dos nossos últimos encontros.
-O Que quer dizer?
-Quero dizer que...olha, não é aquele o helicóptero?
-Sim, é aquele. Vamos lá!

Conseguimos chegar até lá, eu matei dois e Anita matou o outro á base da faca.

-Vem linda. Vamos sair daqui.
-Onde vamos?
-No esconderijo do México. É mais seguro do que o de São Mateus.
-Certo.

Fomo até lá e Anita não parava de olhar para mim.

-O Que está pensando meu bem? – pergunto á ela.
-No nosso casamento.
-Casamento? Mais você nem está grávida ainda.
-Por isso, quero me casar antes da gente ter um filho.
-Mais isso são costumes humanos. E Você sabe que eu odeio os costumes humanos.
-Tudo bem Optimus. Olhe, estamos chegando.

Puxa, agora que eu tinha percebido, o Sérgio não estava com a gente. Onde ele se meteu?

-Sérgio, onde se escondeu?
-Estava tentando impedir a Angélica, e ela escapou!
-Você é um medroso mesmo. – digo á Sérgio batendo na cara dele. Ele até caiu.
-Calma Prime. Venha, me leve para casa.

Ai, voltando ao cassino, finalmente concluímos a missão do roubo, agora, é voltar para...telefone?

-Alô?
-Seu maldito! Traidor! Seu merda!
-Ah, Powell, que bom ouvir você.
-Você está morto! Sua putinha está morta! Sua família está morta! Vou te foder, seus filhos, sua puta e seus netos!
-Bom, o papo tá ótimo, mais tenho que ir.
-Você está morto. MORTO!!!


Sinto até pena dele...hahaha, sinto nada. Ele que se foda. Enfim...amanhã mesmo, vou voltar para a minha Cybertropolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário