Páginas

sábado, 14 de dezembro de 2013

Trans "The Auto" Formers | Episódio 83

Episódio 83 | Minha Verdadeira Identidade

Escrita por | Rafaela Trombini e Rovorys Trombini
Produção Executiva de | Ingrid Trombini
Direção de | Rafaela Trombini e Natália Santos

Hoje finalmente farei o que tenho trabalhado por todo esse tempo, por Cybertropolis, San Prime e Rio de Energon. Achar Ratchet, por isso, vou entrar agora no cassino Quatro Dragões e investigar o porão, mais antes...vou falar com Sari.

-Ai, quanta coisa pra fazer...é serviço que não acaba mais.
-Sari...
-Optimus. O Que foi? Vai fazer alguma coisa legal para o nosso plano?
-Não. Quero saber uma coisa sua.
-O Que?
-Você conhece um cara chamado Swindle?
-Se eu o conheço? A gente não esquece um pilantra tão fácil assim.
-Como assim?
-Swindle, trabalhava aqui no cassino, mais eu acabei descobrindo que ele era na verdade um fugitivo, e acabei demitindo. Mais porque a pergunta?
-Pois acho que ele está escondendo um parente meu aqui no seu cassino.
-No meu cassino? Mais aonde?
-Nos porões. Temos que investigar.
-Tá, mais as portas dos porões estão fechadas e impossíveis de abrir. Como faremos isso?
-Eu já sei quem devemos chamar.

Esperei do lado de fora do cassino para ver se ele chegava com os materiais que precisamos. Ah lá está ele.

-CABRITITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
-Ai, não grita Bee. Trouxe tudo?
-Si, mais por que tu queres isso?
-Venha que lhe mostrarei.

Quando Bumblebee entrava no cassino, encontrei uma criatura estranha vagando pelas ruas...não poder ser...é o Swindle. Mais...ele tinha morrido...como assim? Ele está vivo! Eu não acredito nisso.

-Optimus Prime... – diz Swindle. Eu poderia ver que ele estava muito machucado. Com um dos braços enfaixados, cheio de cicatrizes no corpo. – Finalmente encontrei o robô que quase acabou com minha vida.
-Swindle...como você escapou? Você caiu de uma altura de mais de 20 andares.
-É, eu consegui sobreviver. Quando você me deixou naquele avião para morrer, eu tinha pulado antes, mais sem para-quedas, foi quando o avião explodiu bem na minha cara. VOCÊ PODE SENTIR A SENSAÇÃO DE SEUS CIRCUITOS SEREM QUEIMADOS LENTAMENTE? Eu acho que não.
-O Que você quer de mim?
-Vingança! Quero me vingar de você. De tudo que você fez me passar.
-E O que te fiz passar?
-VOCÊ QUIS ME MATAR!!!!! Agora eu vou acabar com você. O Que eu não entendo é o por que você quis me matar.
-Motivos familiares.
-O que quer...não pode ser!
-EI! ESPERA!!! Será que...essa não!

Eu fui até o cassino e vi que Bumblebee tinha conseguido abrir a porta do porão do cassino.

-Bee, conseguiu abrir?
-Consegui mas...
-Ótimo, agora vigie o lado de fora.
-Mas...
-VAI!!!
-Tá bom.

Quando arrombei a porta, eu não vi ninguém, somente o sapato dele caído no chão. Sari estava comigo e lamentou.

-Optimus...desculpa, mais...quem estava procurando?
-Swindle deve ter o pego. Vem Sari, você, Marimar e Sérgio vão nos ajudar a metralhar o Swindle.
-Mais quem ele o pegou?
-O Cara que me criou desde que meu pai morreu quando eu era uma protoforma. Esse é o motivo por eu estar aqui. Depois de passar pela Floresta Flint, San Prime, México e aqui. Não vou deixar aquele merda leva-lo para longe.

Saímos para o lado de fora, eu, Bee e Sari e vimos um helicóptero e lá estava ELE Ratchet!

-VOCÊ PERDEU OPTIMUS PRIME!!! EU PEGUEI O SEU PRECIOSO PAI E VOU JOGA-LO LÁ NO CÂNION, PARA ELE TER O MESMO DESTINO QUE EU!
-Precisamos ir lá no México antes que ele faça alguma coisa.
-Podemos chegar lá rápido, antes dele. – diz Sari.
-Como Sari?
-Com o Hydra que eu tenho.
-TU TEM UM HYDRA SARITA?
-Tenho Bumblebee.
-Sempre quis ter um Hydra.
-Vamos antes que ele escape.
-Você sabe pilotar né Sarita?
-Err...não.
-Deixe que eu piloto Sari.
-Você sabe?
-Eu fiz aulas lá no Cânion. Pode confiar.
-Está bem.

Nossa mais esse Hydra é muito rápido. Nossa é demais pilotar isso é muito rápido. Chegamos no México, mais é rápido mesmo. É incrível! Lá no Cânion, vi que Swindle ainda não chegou, então, nós bolamos um plano.

-Certo, o plano é o seguinte: Eu e Bee vamos segurar um tipo de “cama elástica” para que quando Ratchet for jogado, a gente consiga pega-lo.
-E Como vocês vão saber o lugar certinho de onde ele vai cair?
-É Aí que você entra. Você vai rastrear o helicóptero que eles estão vindo e dizer a localização do loca certo?
-E Depois disso? – pergunta Bumblebee.
-Vou explodir Swindle de uma vez por todas!
-Mais Cabritito, como tu nos contou, ele sobreviveu á uma queda foda. Como terás certeza de que ele não vai escapar?
-Ninguém sobrevive á uma bazuca. Pode confiar.

Eu e Bee pegamos o lençol para poder mirar quando Ratchet caísse.

-Prime, ele está vindo. Parece que ele parou o avião...bem em cima...DE ONDE ESTOU!!! VENHAM RÁPIDO AQUI!!!
-Agora, você vai cair velho!
-Me solte ME SOLTE!
-Vou te soltar...AGORA!
-Ele caiu. Rápido.

Bumblebee não ia conseguir, ele estava vindo muito rápido, então larguei a bazuca e subi em cima do telhado e peguei Ratchet, com meus braços.

-Prime? PRIME É VOCÊ!
-Sim, sou eu.
-Eu sabia que você viria. Onde está o Sentinel?
-É uma longa história.
-ABAIXA CABRITITO!!!

Bumblebee atirou com a bazuca, eu caí e Ratchet também. O Helicóptero onde Swindle estava explode.

-Cabrones estão bien?
-O Que ele disse?
-Calma Ratchet esse é o Bumblebee...ele fala espanhol.
-Percebi.
-Parece que o Swindle morreu. – diz Sari.
-Ninguém sobrevive á um tiro de bazuca.

O Que eu não tinha percebido...é que ele sobreviveu. EU NÃO ACREDITO!!! ESSE CARA NUNCA MORRE!!!

-Malditos...vocês não virão nada. Eu sou imune á todos os ataques. Sou IMORTAL!!!
-Como esse maledeto ainda está de pé?
-Eu não sei Bee, mais...
-Espere Prime. Me dê essa arma.
-Mais Ratchet...
-Se você quase atravessou os Estados Unidos inteiro, só para me achar, está na hora de te retribuir.
-Atire quanto quiser, velho. Sou imortal.

Tinha 20 balas na arma. Ratchet atirou 4 vezes na cabeça dele, 4 na centelha, 4 nas pernas e as outras 4 no saco dele. Não tem como sobreviver disso.

-Agora, ele morreu. Pode ter certeza.
-E FICA AÍ!!! – grita Sari chutando o corpo de Swindle.
-Tenho tanta coisa para falar... – digo á Ratchet.
-Nem me fale, mais quero sair logo desse fim de mundo.
-É eu sei.

Pegamos um avião e saímos de lá, acabou! Finalmente...ai eu esqueci! Amanhã é o roubo do cassino. Puxa...mais tirando isso...vamos ficar livres...livre...


-Hehe...acham que me venceram, mais isso ainda não acabou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário