Páginas

domingo, 23 de março de 2014

Transformers: Uma Máquina Para Porcos | Capítulo 08

O porquinho já foi? Acho que já. Ufa, que susto que eu levei, mais enfim...vamos continuar. Depois de ler esse negócio de manivela, lembrei da dança da manivela, que eu dancei uma vez com o Zetinha. Aquele dia eu me diverti pra valer com meu filho, enquanto Arcee fazia bolo pra gente. Eu tenho que ir para a igreja antes que Grimmy me encontre outra vez.

Peguei o recipiente, pulei a janela e agora parto em direção á igreja. Não sou religioso. Meu deus é diferente do deus dos humanos, mais acho que lá estrei seguro. Bom, eu coloquei o combustível no caminhão, girei a manivela e ele destampa a porta da igreja. Agora, eu posso entrar.

-Venha Optimus. Será que vai chocar? Posso levar para a casa?
-Sim, claro que podemos levar para a casa.

Um lembrança da minha Arcee. Bom, o que? Eu estou...no cemitério? Pensei que estava na igreja. Enfim...ah não, eu estou na igreja. Tinha uma época em que igrejas e cemitérios eram juntos, enfim...olha o que eu achei. Uma porta...ela deve me levar até a igreja.

Nossa, que igreja, me lembro dela. Essa igreja...esse deus...PRIMUS!!!! O SENHOR TIROU ARCEE DE MIM, eu gritava isso dentro da igreja desistindo a cada momento. SE O SENHOR TIROU ELA DE MIM, TEM QUE TER UM MOTIVO!!! Preciso me acalmar. É, acho que vai ser dificil me acalmar. Mais cartas. (CHEGAAAAAA)

23 de Novembro de 2009
Velas gêmeas, curvadas à vontade do santo central, lançando sua luz aos cantos da capela. Padre Jeremiath. Pensei que pudesse confiar-lhe um segredo, mas ele é como todos os outros. Então o padre velhaco foi ao redil com seu rebanho e diz que entrará no nosso mundo com eles. De fato, um bom pastor.

Tá, tinha dois lado. Que lado eu iria? Já sei. Vou pro lado direito. Direita sucesso. Fui até lá e encontrei outro gravador. Onde já se viu gravador em uma igreja? Vai entender...

-A fé deturpa a sua visão, Ratchet. É um caixão de ferro que impede que você compreenda o futuro. Precisamos de uma nova divindade, feita de vapor, e a roda de magnetismo e o progresso. O deus antigo não passa de um porco manco que só deixa restos para a humanidade.

Nossa, que forte...até pra mim. Nossa, agora eu prossigo. O que é isso? Uma porta, e...um altar. Não acredito...tá tocando um órgão forte aqui. Mas...o que é...nossa...é um...porco...em cima...da cruz!
Estou assustado, muito assustado. Atrás dos porquinhos tinha um mecanismo muito enigmático. Ele funciona puxando dois castiçais que estavam ao lado. Mais...como irei puxar o outro se nele não tem vela? E porque esconder máquinas nesse lugar? E o sangue? Como que pode explicar isso? Bom, agora eu tenho que achar uma vela. Só não sei onde, mais vou acha-la.

Encontrando um pequeno armário o que acho? Cartas, para alegrar o meu dia.

Diário do Padre Jeremiah - 1 de Outubro de 2009
Eles se congregam conosco, onde outrora precisei caminhar entre eles, para buscar a salvação. Agora, atraídos pelo calor do inverno e pelo alimento que Optimus distribuí, minha igreja está cheia e minhas  ovelhas estão salvas. Ele caminha entre elas, e eles o adoram. Ele não deixará que elas trabalhem nas fábricas , pois sua mão-de-obra recebe treinamento especial para manusear as novas máquinas. Seria irresponsável, e até antiético, arriscar vidas tão preciosas quanto as que ele ve aqui.

Outro homem depois da volta do México. É elogiável, mesmo diante de tamanha tragédia e do confinamento do leito, a que sempre está preso, que ele estabeleça tantos laços, que ele realize um dos maiores e mais benevolentes atos de caridade de toda Nova York. Insatisfeito com a acensão para se tornar o maior produtor alimentícios da região, ele distribuí sua boa vontade e suas refeições aos pobres, e eles se reúnem em seu reino com gratidão.

Nossa, que carta. Nuss, eu achei a vela e coloquei lá e uma porta se abre. Eu entro nela e vejo um carvão queimando e puxo uma alavanca. Pronto, a máquina desse lugar estava infernal. Quando voltei uma passagem se abriu. Que estranho, mais enfim...é melhor eu entrar lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário